Controle de qualidade nos Laboratórios de Fertilização in Vitro

Controle de qualidade nos Laboratórios de Fertilização in Vitro

O laboratório de fertilização in vitro desempenha um papel fundamental nos tratamentos de reprodução assistida, através da manipulação de gametas e da formação de embriões levando à obtenção de gestação. Com o objetivo de manter as altas taxas de sucesso e segurança durante todo o procedimento é essencial que o laboratório de fertilização in vitro tenha um sistema de controle de qualidade desenvolvido e aplicado.

O sistema de controle de qualidade permite que os procedimentos sejam executados, de forma coesa, com reprodutibilidade e rastreabilidade garantindo a prevenção de risco e detectando possíveis falhas que possam acontecer durante todo o processo.

Esse controle não se resume apenas às descrições dos protocolos e apontamentos dos processos críticos, mas envolve a boa procedência dos materiais utilizados, como os meios de cultura e equipamentos, garantia de boa qualidade de ar e capacitação técnica periódica dos profissionais envolvidos, garantindo excelência no serviço prestado aos pacientes.

As variáveis que podem impactar diretamente nos resultados de um laboratório de fertilização in vitro são imensas e muitas vezes imensuráveis, entretanto, é fundamental que os profissionais envolvidos tenham pleno conhecimento de todas as etapas e processos objetivando a manutenção da qualidade e das altas taxas de gestação.



Autora: Dra. Amanda B. Victorino

Titulação Acadêmica: Doutorado em ciências pela UNIFESP

Embriologista responsável pelo Laboratório de Fertilização in vitro Serviço de Reprodução Humana do Hospital São Paulo.

Deixe um comentário